sexta-feira, 27 de junho de 2008

Chaise ORCA






Esta é a chaise ORCA. Qualquer semelhança com uma roupa de surf ou mergulho NÃO é mera coincidência. É neoprene mesmo. Inclusive nas costuras "Flat lock", que além de resistentes, são verdadeiros bordados.


A foto é de Cid Junkes e a modelo é Camila Gapski.

Chaise ORCA


Aqui a idéia começa a virar produto. Todas as idéias que passam pela minha cabeça vão direto para o computador. É uma ferramenta tão rápida e eficiente que pouco tenho desenhado à mão.

Nota na revista KAZA


Chaise SLOW DOWN


Esta chaise desenhei em 2006, mas o protótipo só foi construído em agosto de 2007. É giratória e surpreendentemente confortável.
A aceleração crescente do ritmo de vida moderno é diretamente proporcional ao aumento do ritmo de consumo dos recursos naturais do nosso planeta. O mundo precisa desacelerar. Este entendimento surgiu a pouco tempo, simultaneamente, em diversos lugares do mundo, e hoje já é um movimento global, que está sendo chamado de “Slow down”. Inspirado na proposta deste movimento, criei a chaise SLOW DOWN, que traz na leveza de suas linhas um convite para que você faça a sua parte: DESACELERE. Mas com conforto, estilo e sofisticação.

Nota na Revista KAZA


Base de mesa MECANOO


Desenhada em 2006 e produzida a partir de 2007 pela Veneza móveis de Garibaldi/RS.

Sofá FLAT

Desenhado em 2006 e produzido pela Uniblanc estofados de Maringá/PR desde agosto de 2007.


O sofá é muitas vezes o ponto central da casa quando a idéia é convívio familiar e social. Sobre o sofá a gente assiste tv, relaxa, deita, lê, trabalha, namora...(ah,sim! e até senta...). Este foi o conceito que norteou o projeto deste sofá. O objetivo era uma peça que proporcionasse uma grande liberdade na maneira de usá-lo.

Sentar nos braços e encostos de um sofá também é habito de muita gente. Como também é hábito de muita gente assistir um bom filme comendo uma boa pizza, ou trabalhar no seu notebook no sofá de casa. É por isso que projetei braços e encosto bem largos e planos, no mesmo nível entre si.
Uma outra condicionante de projeto que sempre observo quando desenvolvo um sofá é um fundo bem resolvido esteticamente, pois a peça pode servir, se o arranjo pedir, como divisória de ambientes.

A geometria da peça é bastante simples, mas com detalhes muito interessantes: Note que as uniões dos braços com o encosto são a 45º. O efeito obtido do encontro das duas linhas de pesponto é um detalhe de acabamento que dá um toque muito especial à peça.




Os desenhos ao lado são de quando o CONCEITO começou a namorar com a VIABILIDADE TÉCNICA!!!


E esta é a "foto" do CASAMENTO!


Como em todos os projetos, construo todos os modelos virtualmente, o que me permite resolver praticamente todas as questões construtivas do modelo. Ao lado, imagem da estrutura.

REVISTEIRO


Revisteiro em acrílico e alumínio, 2006

Sofá TRIP


Desenhado em 2006 e produzido a partir de agosto de 2007 pela Uniblanc estofados de Maringá/PR.

Poltrona CAMPECHE


Esta poltrona desenhei em 2006 e é produzida hoje pela Veneza móveis de Garibaldi/RS.

ABAPORU




Desenhei a poltrona Abaporu no ano em que se comemorava os 80 anos da semana de Arte Moderna de 22.

Abaporu, em linguagem artística, consiste em deglutir referências externas, digeri-las e depois devolvê-las transformadas e reinterpretadas.
Este conceito de tranformação de arte tornou-se conhecido no Brasil depois da Semana de Arte Moderna de 1922, através do "Manifesto Antropofágico", que defendia, antes de tudo, uma produção artística genuinamente brasileira, buscando inspiração em nosso cotidiano.
O quadro "Abaporu", de Tarsíla do Amaral, tornou-se um símbolo deste movimento que acaba de completar 80 anos e provocou profundas transformações na arte brasileira.
A poltrona Abaporu teve como inspiração a obra modernista de Tarsíla, e seguindo as tendências mais atuais do design internacional. Mas deglutido, digerido e transformado.


Poltrona M3



Essa peça desenhei em 2003, quando voltei inspirado por conta de umas obras maravilhosas do Franz Weissman que vi em SP.

Artista construtivista, o escultor brasileiro Franz Weissmann encontrou no quadrado o arquétipo da beleza pura - o ângulo reto como bússola a guiar sua criação. Arrancou da matéria bruta o cubo virtual, e fez do vazio uma realidade. Em sua fase concreta / neo concreta, Weissmann atuou no sentido de anular apresença do material, de torná-lo secundário ou acessório. Para ele, o verdadeiro material não era o alumínio, o ferro ou a madeira, mas o vazio. Este vazio não é, no entanto, ausência de massa. O vazio existe. E significa.
Weissmann emprega o mais puro desenho geométrico para erguer suas esculturas, que são puro espaço, na mais perfeita homenagem ao quadrado, num jogo sutil de simetrias e assimentrias. As esculturas de Weissmann integram a paisagem de várias capitais brasileiras e, por sua beleza,vão se transformando em signos urbanos.

Poltrona APOLLO



Essa peça também desenhei e produzi em 2002.
Os pés são em inox e a concha do assento em fibra de vidro, revestida com espuma d33 de 5cm.

“Um pequeno passo para um homem, um salto para a humanidade”.

A chegada do homem à Lua foi de fato um marco definitivo na história da odisséia humana em busca de respostas para a razão de sua própria existência.
Foi o início de uma era de transformações tecnológicas e culturais sem precedentes.
Desde então, o homem incorporou ao seu cotidiano inovações tecnológicas
em um ritmo crescente, desafiando a sua capacidade de se adaptar ao mundo
que ele mesmo criou, impulsionado pela mais humana de suas características:
o desejo de superar os seus próprios limites.

Poltrona MACTRA


Essa peça desenhei em 2002.
Tem pés em inox e concha em fibra de vidro revestida com espuma d33 de 5cm, e é super confortável.

RODÍZIO


Este rodízio desenhei em 2004, é produzido pela D´zainer, de Caxias do Sul/RS, e levou prêmio de inovação na FIMMA.

LIXEIRA para praças de alimentação

video

Lixeira de praça de alimentação sempre foi uma coisa que me incomodou. Tanto que acabei desenvolvendo este modelo. Assim que consiga um parceiro para produzir este produto, que é patenteado, nunca mais vou ter que empurrar o lixo com a bandeja, e vou poder fazer a operação com uma só mão. Além disso, também não vou mais ter de ficar procurando lugar para colocar a bandeja vazia, por que esta lixeira faz isso automaticamente. Veja o vídeo. Se ficou interessado, entre em contato comigo!

Fogo para o churrasco sem sujeira


Esta é uma embalagem de carvão super-prática. Para abrí-la basta puxar a tira picotada e pronto! Repare que existe, no fundo da caixa, uma torre de convecção, que facilita o acendimento do fogo, sem necessidade do uso de álcool ou qualquer outro combustível. Este produto é patenteado, e estou buscando parceiros para lançar o produto.
Interessado? Então entre em contato comigo.

CHAVEIRO



Existe coisa mais desconfortável e incômoda do que um molho de chaves no bolso? Também acho que não. Por isso criei este chaveiro retrátil, que acomoda até 6 chaves. A peça pode ser produzida em plástico injetado ou alumínio. Estou procurando parceiros para viabilizar esta idéia, que é patenteada. Se gostou, entre em contato comigo.